"Comunicando o amor de
Deus através da música!"

Jovem também tem vocação?

18 JAN 2016
18 de Janeiro de 2016

O mês de agosto é para a Igreja Católica, especialmente no Brasil, dedicado à oração pelas vocações. É uma parcela de dias do nosso calendário com os quais se enfatiza a propaganda da ação de Deus entre nós, no seio de nossas famílias e comunidades, cidades e sítios, entre outros locais. 

Vocação é o chamado. É o apelo que Deus faz ao ser humano para segui-lo mais de perto e com amor. São muitos os seres humanos chamados por Deus. Toda pessoa a quem o Pai destina o seu apelo costumamos denominar de vocacionado.

Vocacionado é o homem ou a mulher, não importando a idade, a raça ou a cultura, chamado a fazer da sua vida uma graça e uma manifestação da bondade do Senhor, dono da messe.

A vocação é dom de Deus e não propriedade particular. Trata-se de um presente a ser acolhido por nós e repartido com os outros. É uma forma simples que Ele nós dá de provar seu amor por nós. E não existe pessoa sem vocação! Todos nós temos uma vocação! Portanto, todos nós somos chamados a discernir o que Deus deseja de nós.

Ele pode chamar você para ser padre, tal como chamou a mim. Pode chamar as jovens para serem freiras, ou seja, religiosas consagradas. Pode chamar o moço e a moça para constituírem uma família. Deus pode chamar os que são de boa vontade para que, na solteirice de seus dias se consagrem de corpo e alma em prol do Reino.

Deus chama a todos nós! Chama a cada um e a cada uma para servir. Servir quer dizer colocar-se à disposição do outro. E essa é a finalidade de toda vocação: servir os semelhantes. Se não for para servir os que precisam qual o sentido da vocação?

Deus chama homens e mulheres para serem médicos, atletas,, assistentes sociais, psicólogos, donas de casa, mecânicos, fuzileiros, jornalistas, ambulantes, advogados ou engenheiros e para tantas outras formas de vocação, para servir os que mais precisam.

Essas profissões, se vividas e assumidas intensamente e com alegria e fé são verdadeiras vocações. Aqui está a diferença entre vocação e profissão. Fazer o seu trabalho por fazer é profissão. Fazer por amar e com sentido de viver é vocação.

O jovem, de maneira privilegiada é, na atualidade, o destinatário do chamado do Senhor. Pois cheio de entusiasmo e alegria, tem mais condições de responder aos apelos do Reino. Tem a “novidade” necessária para disponibilizar-se aos carentes e sofredores.

Acolha, reflita sobre o chamado que Deus te faz hoje! Reze para responder com generosidade e fé o seu SIM. Procure se conhecer como pessoa chamado por Deus. Ele conta com você Seja um jovem de Deus. Seja um jovem de Maria, modelo de vocacionada!


* Padre Leandro Luís é vigário na Paróquia Nossa Senhora de Fátima de Pouso Alegre (MG)

 

Voltar